Os valores, propósitos e identidade de uma empresa norteiam as atividades e a relação com os clientes. Mas, como mantê-la quando boa parte dos funcionários estão trabalhando remotamente? Neste momento, adotar dicas de cultura organizacional pode fazer toda a diferença.

Em períodos conturbados como o que enfrentamos durante a pandemia do Coronavírus, percebemos ainda mais as incertezas com as quais as organizações precisam lidar e a importância de uma cultura bem definida para enfrentar esses períodos.

Neste post, vamos mostrar como lidar com a situação e trazer dicas para fortalecer a cultura organizacional. Confira!

Posicione a corporação

O primeiro passo é defender uma visão da empresa diante da situação, destacando suas prioridades e ações para lidar com o problema.

Essa definição fornece um alinhamento para que os gestores possam conduzir a equipe, compartilhando a condução com os funcionários para que eles consigam lidar melhor com as mudanças e adaptações necessárias.

Fortaleça a comunicação interna

Com a necessidade do home office, a comunicação interna deve ser priorizada. Isso diz respeito não só às notificações da empresa, mas também aos diálogos entre funcionários e gestores.

É importante que haja um esclarecimento ainda maior sobre projetos, tarefas e prazos, já que o colaborador não conta com o gestor fisicamente presente. Também deve ocorrer a adoção de ferramentas que viabilizem essa troca de informações sem afetar a produtividade.

Os feedbacks precisam ser fortalecidos durante o período, destacando ainda mais os valores da cultura da empresa.

Trabalhe a motivação

Diante de um cenário totalmente novo e de grande insegurança, com a necessária redução de investimentos, é natural que os funcionários fiquem temerosos e percam o engajamento.

Para deter esse problema, reforce os valores compartilhados e fortaleça o senso de pertencimento, para que os profissionais sintam-se parte importante da organização e consigam passar pelo período com mais força e propósito.

Adote novas rotinas de trabalho

O trabalho em horário comercial nem sempre é o mais indicado. A jornada flexível, que considera os períodos de maior produtividade do funcionário, já é ponto de discussão entre especialistas. O isolamento provocado pela pandemia pode acelerar ainda mais essa abordagem.

Traga esses valores para a cultura da empresa e aproveite o período para observar como funcionam as dinâmicas de trabalho e o andamento dos projetos com a flexibilização de horários. Talvez, essa seja a mais importante das dicas sobre cultura organizacional, e que irá preparar a sua empresa para modelos de trabalho dos próximos anos, apoiados na tecnologia e na relação de confiança com os colaboradores.

Por isso, para conseguir controlar efetivamente essa jornada de trabalho mesmo que flexível, bastará ter uma ferramenta de controle de ponto online eficaz para acompanhar a movimentação de todos, como o da PontoTel.

Cuide do bem-estar físico e mental

Atravessamos um momento em que as prioridades estão sendo repensadas e o cuidado com a própria saúde torna-se indispensável. Incorpore esses conceitos de maneira ainda mais profunda na cultura da empresa.

Uma das maneiras de conseguir isso, além de fornecer dicas de prevenção, é estimular os cuidados físicos mesmo que remotamente.

Que tal investir em aulas em grupo por vídeo chamada para a prática de exercícios físicos, ou propor espaços de relaxamento virtuais?

Essas iniciativas fazem a diferença e demonstram a preocupação da empresa com o bem-estar dos trabalhadores.

Bônus: não se atenha apenas a essas dicas de cultura organizacional!

As mudanças ocorrem o tempo todo e exigem da empresa uma alta capacidade de adaptação. Por isso, busque sempre por novas informações e pense em maneiras de reforçar a cultura durante as crises.

Essas soluções podem ser inovadoras ou inspiradas em outras situações ― o mais importante é estar aberto ao que está acontecendo e promover o dinamismo como parte importante da empresa.

E você, o que achou dessas dicas para reforçar a cultura organizacional?

Lembre-se que os valores da corporação são a base do negócio e mantê-los vivos pode fazer a diferença no engajamento dos funcionários e no enfrentamento de períodos complicados com sucesso.

Aproveite para saber mais sobre o assunto neste artigo sobre as diferenças entre cultura e clima organizacional.