Uma das etapas mais importantes de qualquer negócio, por incrível que pareça, não é a venda, não é a gestão financeira, muito menos o planejamento de marketing. O momento mais importante de uma empresa é o processo de recrutamento de talentos.

Afinal, é daí que resulta o capital humano capaz de gerar as vendas, gerir as finanças e planejar o marketing. No entanto, muitos administradores deixam de fundar uma empresa verdadeiramente sólida por ignorarem esse princípio.

Por isso, o objetivo deste conteúdo é esclarecer o que é e por que essa etapa é vital para o sucesso de uma empresa. Acompanhe a leitura e confira tudo o que você deve saber para garantir a seleção dos profissionais mais competentes do mercado!

O que é recrutamento e seleção?

Recrutamento e seleção se trata do conjunto de métodos e práticas com a finalidade de atrair, selecionar e integrar profissionais ao quadro de funcionários de uma organização.

É triste que ainda muitas pessoas enxerguem esse procedimento apenas como um ritual necessário, porém burocrático, da gestão de recursos humanos de uma empresa. 

Dessa forma, tal mentalidade deixa de contribuir com uma cultura que poderia transformar toda a economia.

Isso porque o processo de recrutamento, quando perfeitamente compreendido, é capaz de tornar qualquer startup em uma campeã do seu nicho.

Afinal, como já mencionamos, o processo de recrutamento é a porta por onde entram todas as estrelas de uma empresa. Por isso, é indispensável cuidar dessa etapa com máxima atenção.

Qual a importância do processo de recrutamento?

Dissemos que o bom desenvolvimento de uma estratégia de recrutamento pode levar uma empresa ao topo do mercado. Mas como exatamente isso é possível?

Para compreender esse fato, antes é necessário descobrir como profissionais extraordinários encontram as empresas com as quais desejam trabalhar.

Por serem mais disputados, geralmente esses talentos têm mais alto valor no mercado. No entanto, esse valor não necessariamente precisa ser pago com salários elevados.

A bem da verdade, a maior e mais importante ambição de um ser humano não é dinheiro, mas algo bem menos tangível e mais misterioso: realização pessoal.

Portanto, somente um processo de recrutamento eficaz pode criar as condições para atrair profissionais perfeitos para uma vaga.

Por outro lado, negligenciar a importância de um bom planejamento da seleção de profissionais pode custar muito caro. 

Além de consumir tempo e recursos com a contratação, uma empresa que seleciona mal seus funcionários costuma afetar todo seu clima organizacional, o que impacta no desempenho do negócio de modo geral.

A seguir, vamos entender como funciona esse processo e quais são os principais detalhes a que os recrutadores devem ter atenção.

Como funciona um processo de recrutamento e seleção?

Antes de tudo, uma organização deve estar bem estruturada para receber novos membros para compor o time de talentos

Embora a força de trabalho seja uma necessidade, é preciso garantir que o terreno esteja preparado. Só então os líderes devem considerar a abertura e divulgação de novas vagas de trabalho.

Portanto, antes de começar a atrair candidatos, a empresa precisa ter uma cultura organizacional sólida, propósitos bem definidos e princípios claros. Isso é fundamental para acertar na escolha do profissional que melhor combina com a personalidade da empresa.

Planejamento das vagas e do processo seletivo

O planejamento da abertura de vagas e do processo seletivo deve contar com a participação dos principais líderes responsáveis pela contratação. Isso não inclui apenas o RH, mas o gestor imediato ao cargo e a equipe financeira.

Dessa forma, a energia é concentrada nas prioridades, considerando os recursos disponíveis para a execução do recrutamento e as principais necessidades do cargo.

Com isso, o RH pode fazer o melhor trabalho possível no desenvolvimento das estratégias de seleção. 

O planejamento das vagas e do processo de contratação deve conter:

  • descrição detalhada das necessidades da empresa e do setor;

  • criação dos cargos e planos salariais (com plano de carreira, se aplicável);

  • elaboração do profissional ideal;

  • métodos de divulgação das oportunidades;

  • seleção de tecnologias de automação;

  • definição de metodologias e estratégias de avaliação dos candidatos;

  • roteiro do processo de recrutamento;

  • estimativa de prazos e organização do trabalho durante o processo.

Divulgação das oportunidades

Uma vez que o processo está bem delineado e todos os principais responsáveis concordaram com a abertura das vagas, chegou a hora de divulgá-las.

Esse é um momento muito importante porque a divulgação é uma etapa de exposição da empresa. Sendo assim, é preciso preservar a reputação da companhia, inclusive para qualificar o employer branding e atrair os profissionais mais qualificados.

Portanto, é necessário divulgar de maneira estratégica, considerando o perfil ideal de profissional desenvolvido na fase de planejamento.

Uma estratégia muito válida, mas que depende das necessidades da empresa, é manter um espaço “Trabalhe conosco” sempre atualizado no site corporativo.

Triagem de candidatos

Na fase de triagem, dependendo do tamanho da campanha de recrutamento, centenas de candidatos serão dispensados por não preencherem os pré-requisitos mínimos.

Entre esses critérios, as hard skills devem ser consideradas como prioritárias, ou seja, as habilidades técnicas, fundamentais para qualificação ao cargo.

Caso a empresa esteja contando com uma plataforma de automação em recrutamento, essa etapa é simples e rápida.

O programa simplesmente vai selecionar na base de dados aqueles que mais se enquadram no perfil ideal. Então, é o momento de conhecer esses candidatos mais de perto.

Entrevista e seleção

Durante a fase de entrevistas, os recrutadores devem buscar oferecer o melhor ambiente aos candidatos. Caso contrário, eles podem ter dificuldade de se sentirem à vontade, o que prejudica uma avaliação atenta de suas personalidades.

Desse modo, todos precisam compreender que, apesar de sério, o momento das entrevistas e das dinâmicas deve ser encarado com tranquilidade e descontração

Para isso, estratégias de rapport são bem-vindas, a fim de produzir um clima amistoso que permita aos candidatos revelarem quem realmente são.

Isso é importante porque esse é o melhor momento para avaliar o fit cultural dos profissionais.

Onboarding e devolutivas

Se tudo ocorrer conforme o planejado, são grandes as chances de que a organização encontre exatamente o talento que estava procurando.

Então, feita a seleção, é o momento de dar ao novo colaborador as boas-vindas e acompanhá-lo em sua integração à organização. Mas isso não significa que o processo de recrutamento acabou.

Durante o onboarding do novo funcionário, todo cuidado é importante. É preciso ter em mente que talvez por alguns dias ele permaneça em adaptação. Assim, lançar mão de estratégias para deixá-lo confortável é uma boa ideia.

Quanto aos demais candidatos, inclusive os do processo de triagem, é merecida uma devolutiva por e-mail agradecendo a participação no processo seletivo e explicando de modo geral por que não foram selecionados.

Além de respeitoso, um esclarecimento pode ser suficiente para qualificar mais profissionais ao mercado. Sem contar que isso é mais um ponto positivo para o employer branding da empresa.

Debriefing do processo de recrutamento

Finalmente, e tão importante quando cada etapa do processo, é fundamental realizar o debriefing para esclarecer o que deu e o que não deu certo.

Portanto, os recrutadores e demais participantes da seleção devem fazer uma reunião para avaliar os resultados do recrutamento de modo a otimizar planejamentos futuros.

Alguns fatores importantes a serem medidos durante o debriefing são:

  • conformidade do processo com o que foi planejamento;

  • tempo médio de fechamento de vagas;

  • período de rampagem do novo funcionário (quanto tempo ele levou para se adaptar);

  • custo de contratação;

  • atuação dos recrutadores;

  • origem dos candidatos (qual canal de divulgação os atraiu), entre outros.

Como podemos notar, o processo de recrutamento tem muitos detalhes importantíssimos que merecem consideração.

Mas, apesar de trabalhoso, uma execução bem feita reduz custos de contratação e atrai profissionais acima da média. Assim, no longo prazo, o sucesso é que paga a disposição.

Gostou de aprender como funciona o processo de recrutamento? Que tal revolucionar as contratações na sua empresa? Então, teste gratuitamente nossa plataforma e descubra uma gestão descomplicada de recrutamento e seleção!