O desenvolvimento de um processo de recrutamento efetivo deve considerar a padronização. Graças a essa característica, é possível automatizar certos processos e, principalmente, criar uma base comum de análise. Afinal, há parâmetros específicos para certas condições.

No geral, essa é uma questão que gera pontos positivos para a empresa e mesmo para os candidatos. Contudo, é crucial saber como colocar isso em prática, se o objetivo for conquistar uma boa performance.

Pensando nisso, descubra como e por que padronizar o recrutamento — e aproveite para entender como a tecnologia pode ajudar.

Quais as vantagens da padronização do processo de recrutamento?

Um processo de recrutamento padronizado é aquele que tem etapas previamente definidas e que podem ser repetidas ao longo do tempo. Com as definições corretas, o time de RH obtém algumas vantagens que justificam a adesão cada vez maior a propostas desse tipo.

Portanto, veja quais são os pontos positivos de investir na padronização e descubra como ela interfere em toda a contratação.

Redução de erros e desperdícios

Com a padronização na atuação, é possível ter mais efetividade na atuação em todas as etapas da seleção. Com isso, todo o processo é concluído com menos erros, o que evita o desperdício de recursos — como tempo, dinheiro e oportunidades.

Também é uma questão de evitar que surjam dados duplicados, incompletos ou incorretos. Como tudo é padronizado, há centralização e organização, o que permite conhecer os candidatos adequadamente para cada necessidade.

Aumento da produtividade

Além disso, há um aumento na produtividade do recrutamento quando este é padronizado. Afinal, não é preciso definir características e parâmetros todas as vezes, já que o fluxo é estabelecido de forma completa. Em vez de se dedicar a desenhar todo o pipeline, por exemplo, um gestor de RH pode se dedicar a outras questões mais estratégicas.

Vale a pena citar, ainda, o aumento da produtividade em termos do tempo necessário para o recrutamento. No geral, o procedimento se torna mais rápido e eficiente, o que diminui o período de vacância da oportunidade.

Então, é uma forma de garantir que os times estejam completos e capazes de operar em plena capacidade em intervalos menores. Assim, fica mais simples conquistar as metas e alcançar um desempenho reforçado.

Diminuição dos custos com recrutamento

Se o processo de recrutamento padronizado é mais rápido e eficiente, também significa que ele é mais econômico. Já que não é necessário fazer várias etapas longas, o uso de recursos é menor ao longo do tempo e isso evita que os gastos fujam do controle.

Como dito, a vacância no período é menor e isso tem grande impacto no desempenho do time. Portanto, o negócio não perde oportunidades, simplesmente, por não contar com os colaboradores necessários. Desse modo, o custo efetivo de contratação também cai.

undefined

Facilidade de comparação de resultados

Padronizar o processo de recrutamento é interessante porque cria uma base comum de características e ações. Portanto, a comparação entre esses parâmetros definidos também se torna mais fácil.

Por exemplo: se a mesma entrevista for feita para todos os candidatos, é mais fácil comparar as respostas e encontrar os profissionais que melhor atendem a certas demandas. Por outro lado, com questões totalmente diferentes, essa análise fica mais difícil.

Banner para entrevista online

Então, a capacidade analítica é um dos principais pontos favorecidos pela adoção de uma estratégia desse tipo.

Otimização da comunicação interna e da integração

O setor de RH não precisa e nem deve atuar de forma solitária. Afinal, o recrutamento serve, principalmente, para atender às necessidades de times e equipes de todo o negócio. Sendo assim, é importante que haja um bom fluxo de informações. Contudo, quando a atuação não está alinhada, todo o desempenho pode ser comprometido.

Por isso, é importante que ocorra a padronização. Por meio dela, há um alinhamento entre todos os envolvidos e as partes interessadas. Além disso, há um conhecimento maior sobre as informações que transitarão e o que elas representam.

Portanto, há uma comunicação interna mais efetiva e maior integração dos times, que trabalham, juntos, por resultados melhores.

Maior efetividade na contratação

Por falar nisso, é interessante entender que a padronização do processo de recrutamento interfere na seleção final de profissionais. Como visto, é uma alternativa que aumenta a capacidade analítica. Portanto, melhora a tomada de decisão.

Graças ao alinhamento de informações, é possível ter uma abordagem bem completa e que é capaz de selecionar a pessoa certa para cada vaga.

Além disso, é uma solução para reduzir ou eliminar vieses inconscientes. Como ocorre a padronização de atuação, há menos riscos de um candidato ser julgado por uma pergunta que não seria feita para outra pessoa, por exemplo. Então, a escolha se baseia no que é, de fato, relevante.

genty é a ferramenta de análise comportamental para avaliar competências

Redução de turnover

A melhoria quanto à tomada de decisão e contratação dos profissionais gera, ainda, uma diminuição do turnover ou taxa de rotatividade. Portanto, é provável que as pessoas contratadas por um modelo padronizado passem mais tempo no negócio.

Isso é muito importante porque gera outros efeitos positivos. Há, por exemplo, mais motivação, engajamento e produtividade. Todo o time funciona melhor e há um aumento nos resultados.

Além disso, há menos custos com demissões, admissões e novos processos seletivos. Desse modo, fica mais fácil consolidar um time efetivo e com atuação prolongada.

Melhoria da experiência dos candidatos

A empresa não é a única beneficiada por uma padronização do processo de recrutamento. Os profissionais que participam da seleção também saem ganhando porque podem ter uma experiência muito mais positiva e adequada às expectativas.

Por exemplo: com essa definição prévia de condições e parâmetros, tudo acontece mais rapidamente, como visto. Então, isso diminui o tempo que cada profissional tem que se dedicar a um processo seletivo e acelera a contratação. Como consequência, há impressões melhores — mesmo entre quem não recebe a aprovação.

A boa experiência ajuda, ainda, a melhorar o aproveitamento de talentos. Com processos mais curtos, dinâmicos e justos, há menos chances de talentos com bom potencial desistirem pelo caminho.

Reforço da vantagem competitiva

Além de tudo, a atuação nesse sentido pode transformar a maneira como o negócio se posiciona em seu mercado. Afinal, desenvolver processos seletivos positivos com consistência aumenta a produtividade.

Primeiramente, isso acontece pela formação de equipes coesas, produtivas e engajadas. O capital humano é um dos grandes diferenciais de uma empresa e passa por uma valorização dessa forma. Então, o negócio pode se destacar dos demais dessa forma.

Além disso, há uma melhoria na imagem enquanto empregador — o famoso employer branding. Sendo assim, é possível tornar o negócio um destino de desejo entre os profissionais do ramo. Assim, os processos seletivos passam a atrair cada vez mais profissionais competentes, qualificados e alinhados aos valores.

Como padronizar o processo de seleção de talentos?

Conhecendo a importância de ter a padronização, é o momento de buscar formas de fazer com que o recrutamento atenda a essa demanda. Portanto, o ideal é entender quais fases devem ocorrer e como colocá-las em prática.

Para facilitar, você pode seguir o passo a passo e adaptar segundo as demandas do negócio. Portanto, veja como ter um processo de recrutamento padronizado!

Entenda as necessidades de recrutamento

Primeiramente, é indispensável saber quais são as expectativas e as necessidades em relação à etapa de seleção. Por exemplo: pense no tipo de profissional desejado ou nas características mais necessárias. A ideia é considerar tanto as hard skills quanto as soft skills.

Também é indispensável pensar na frequência de contratação, em quantas vagas serão disponibilizadas, se haverá algum programa periódico e assim por diante. Quanto maior for o entendimento dessas questões, mais fácil é desenhar um processo que atenda a todas as características em questão.

Crie as vagas padronizadas

A partir do entendimento das características, é o momento de criar vagas personalizadas para atender a essas demandas. É nesse momento em que são exploradas as características-chave e os requisitos específicos, por exemplo.

Essa etapa serve, principalmente, para definir como anunciar que certas posições estão disponíveis. Isso pode ser definido tanto para as áreas, quanto para os diversos níveis de qualificação e atuação. Então, será possível usar esses modelos e adaptá-los conforme a necessidade.

Defina um fluxo com as etapas

Com a identificação das necessidades e a criação das vagas, o próximo passo de padronização do processo de recrutamento envolve a criação de fluxo. Basicamente, isso tem a ver com estabelecer uma sequência de atividades para cada tipo de contratação.

Considere que contratar um profissional C-level não terá as mesmas fases que a contratação de um estagiário, por exemplo. Competências e experiências diferentes serão avaliadas, então o processo deve mudar. No entanto, não faz sentido criar etapas totalmente diferentes para estagiários de setores diferentes, se as necessidades forem parecidas.

Portanto, a dica é determinar o passo a passo do recrutamento. Estabeleça como as vagas serão divulgadas, como ocorrerá a triagem de currículos, como serão feitas as entrevistas e assim por diante. A intenção é compreender e se antecipar ao que deve ocorrer.

Estabeleça prazos e critérios

Além disso, o acompanhamento do fluxo deve incluir algumas características importantes. Por exemplo: vale a pena definir por quanto tempo ocorrerá o recebimento de currículos por exemplo. Também é interessante estabelecer os prazos entre uma etapa e outra, de acordo com as características, necessidades e possibilidades.

Também é possível estabelecer critérios excludentes ou de aprovação de um candidato para determinada vaga. Novamente, é uma forma de diminuir os vieses e ainda de aumentar a chance de obter um bom nível de fit cultural.

undefined

Padronize as entrevistas

Como estamos falando de um processo padronizado, é importante que a avaliação de todos seja feita de forma igual. Portanto, as entrevistas do processo de recrutamento devem ser, preferencialmente, definidas antecipadamente.

É possível estabelecer perguntas a realizar para os candidatos, de modo que todos possam ter as mesmas chances de resposta. Como visto, a avaliação do retorno de cada candidato também pode seguir alguns critérios que foram conhecidos previamente.

Principalmente, é necessário pensar em como a entrevista deve servir para conhecer melhor cada profissional e definir se ele atende, de fato, às necessidades.

Estabeleça indicadores de mensuração

Não menos importante, a padronização do processo de recrutamento exige o uso de alguns indicadores que apontem os resultados. Então, eles servem para mostrar o que tem funcionado, o que pode ser otimizado e o que deve ser suspenso, por exemplo.

Com a escolha prévia desses indicadores, também é possível padronizar a análise. Afinal, todas as seleções passarão por considerações que usam os mesmos parâmetros. Além de isso favorecer a comparação, é algo que ajuda a ter uma visão muito mais objetiva de todo o procedimento.

Qual o papel da tecnologia nessa transformação?

Contar com as técnicas e etapas certas é importante, mas não é tudo. Também é indispensável saber quais ferramentas utilizar e como aproveitá-las no contexto de padronização de processo de recrutamento.

Nesse sentido, a tecnologia tem grande importância. Com a adoção dos recursos certos, fica muito mais fácil alcançar as expectativas de ter uma contratação mais eficiente; E por isso, merece destaque.

A seguir, veja quais são as principais vantagens de incorporá-la na padronização!

Centralização e organização das informações

Dependendo da ferramenta escolhida, é possível conquistar um nível muito maior de integração, por causa da centralização de informações. Com uma plataforma, por exemplo, é possível reunir todos os dados. Desse jeito, os envolvidos podem conferir em qual etapa está cada processo e quais são as suas características, por exemplo.

Também é uma forma de deixar tudo organizado e de diminuir os riscos de ocorrerem ruídos de comunicação. Há, principalmente, democratização do acesso às informações, o que ajuda a tornar tudo mais efetivo.

Escala de contratação

Além disso, a tecnologia é determinante para que seja possível atingir a escala no processo de contratação. Então, significa que a agilidade se converte em algo ainda maior. Sendo assim, há uma intensa simplificação no processo, que pode ocorrer com mais frequência sem causar tantos impactos nos custos ou na produtividade.

O apoio da tecnologia, inclusive, permite automatizar diversas tarefas. Assim, há uma mobilização dos recursos para as questões mais estratégicas do RH. Como consequência, os impactos positivos também são maiores.

Segurança e privacidade

O uso correto da tecnologia ajuda, ainda, a garantir mais segurança para todos. Como visto, as chances de erros são menores, então o RH e os demais setores conseguem se “blindar” contra certas falhas.

Há, ainda, a questão relacionada à privacidade de dados. Afinal, é preciso garantir que as informações dos candidatos sejam tratadas, armazenadas e protegidas. Com isso, o uso de bons recursos de tecnologia é determinante, porque permite estabelecer padrões, níveis de acesso, hierarquias e assim por diante.

Suporte em todas as fases

Depois de contratar uma solução tecnológica, a execução do processo de recrutamento tem que ser solitária. Ou seja, o negócio não tem que atuar sozinho, justamente por ter o apoio de um fornecedor de solução específica.

Com a escolha de uma empresa com as características certas, o time de RH passa a ter a ajuda de especialistas na solução de tecnologia. Em caso de dificuldades ou problemas, pode-se recorrer ao suporte, de modo a facilitar todas as etapas.

Atuação estratégica

Com o uso de tecnologia, é possível superar diversos desafios, especialmente em relação à padronização do processo de recrutamento. Como consequência, também é um jeito de levar a atuação do time de RH a um novo patamar.

Com a adoção dos recursos certos, como uma plataforma específica, a abordagem se torna muito mais estratégica. Já não é preciso se preocupar com as questões pré-padronização e nem com a execução, graças à tecnologia.

Então, o time pode se focar em tomar decisões muito mais estratégicas e com alinhamento aos objetivos. Isso aumenta a capacidade do time de RH e permite que a atuação seja ainda mais relevante no contexto do negócio.

Como a abler pode ajudar?

Você notou que a padronização no processo de recrutamento ganha com o uso da tecnologia. Contudo, não é qualquer ferramenta que realmente vai ajudar a alcançar certos objetivos. É preciso selecionar corretamente, dentro das necessidades e possibilidades.

É por isso que a abler se destaca. Com o software de recrutamento e seleção, é possível desenvolver uma atuação muito mais consistente, escalável e eficiente. Na prática, isso se deve às funcionalidades principais.

Então, veja quais são as características mais relevantes e entenda como elas favorecem a padronização!

Divulgação e triagem automática

O pool de talentos da abler é formado por mais de 1 milhão de profissionais de diversos níveis, setores e locais do Brasil. Só com isso já é possível aumentar as chances de encontrar o profissional certo para cada necessidade. Além disso, a plataforma favorece a automação de vários processos.

Em apenas um clique, você consegue divulgar vagas em diferentes portais e até nas redes sociais. Depois, a triagem também é feita de maneira automática, mediante critérios específicos para o processo de recrutamento. Além de economizar tempo, é uma forma de obter mais consistência de resultados.

Criação de pipeline de recrutamento

Como você viu, desenhar um fluxo com as etapas necessárias para a seleção é indispensável quando o objetivo é ter um modelo específico. Nesse sentido, a abler também pode ajudar porque conta com recursos de criação de pipeline de recrutamento.

Então, você tem a chance de definir quais são as etapas essenciais e como elas se relacionam. Tudo é feito de forma simples, com um mecanismo de arrastar e soltar os candidatos entre etapas.

Também há como editar as fases e, principalmente, visualizar tudo de forma fácil. Desse jeito, a atuação ganha eficiência e há um fortalecimento quanto à padronização.

Modelos de seleção

Além do próprio pipeline, é possível desenvolver modelos parcialmente prontos para as seleções. Do ponto de vista da gestão e da coordenação, é uma ótima forma de evitar que outros gestores de RH tenham retrabalho com as tarefas.

Graças ao uso da plataforma, tudo ocorre com centralização e quem tem envolvimento direto pode acompanhar o que acontece. Como consequência, há menos repetições desnecessárias de tarefas e uma integração que favorece a performance.

Testes padronizados

Outro destaque é que a abler conta com mais de 4 mil modelos de testes, prontos para utilização. Eles avaliam os profissionais em diferentes competências e podem servir como filtros técnicos relevantes no processo de recrutamento.

Isso é muito importante porque evita a necessidade de preparar testes diferentes a cada seleção. Também garante que todos passem por uma avaliação com o mesmo nível de dificuldade. Sendo assim, há como evitar distorções que afetam a tomada de decisão.

genty é a ferramenta de análise comportamental para avaliar competências

Além disso, é uma funcionalidade que entrega muita produtividade e eficiência. Assim, há como focar mais na análise objetiva que na construção de ferramentas de avaliação.

Entrevistas por vídeo

A plataforma também tem um recurso integrado para realizar entrevista online. Trata-se de uma alternativa com diversos recursos que fazem com que o processo seja mais eficiente do ponto de vista da avaliação do profissional. Ao mesmo tempo, é uma escolha muito mais em conta, já que seu uso pode correr quantas vezes forem necessárias gratuitamente.

Uma das principais justificativas para usar essa ferramenta envolve o envio de entrevistas padronizadas. Com as gravações, é possível realizar análises completas e fazer comparações que, de fato, ajudam a escolher o melhor candidato mantendo a segurança de dados.

Consolidação de histórico

Você pôde notar que a centralização de informações é essencial para que ocorra o acompanhamento do processo de recrutamento. Isso não apenas aumenta o controle, como gera integração entre profissionais e setores, levando a uma tomada de decisão melhor.

Com a abler, além de conquistar isso, é possível consolidar um histórico completo. Com ele, há registro de todas as informações relevantes dos candidatos e das ações realizadas em cada processo.

Isso favorece a consistência de dados e permite que, futuramente, eles passem por uma avaliação. Isso permitirá encontrar oportunidades de melhoria, inclusive sobre o que já foi padronizado. Desse modo, a performance tende a ser melhor.

A padronização do processo de recrutamento é determinante para ter eficiência, competitividade e até uma boa experiência. Nesse sentido, implementar a tecnologia ajuda a tornar tudo escalável e estratégico, já que é uma das ferramentas mais importantes.

Para não ter mais dúvidas sobre qual recurso escolher, faça o teste grátis da abler e conheça todas as vantagens de suas funcionalidades!

É hora de revolucionar o Recrutamento e Seleção em sua empresa. Teste grátis.